Participe da Mais nova onda do Skoob

Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Vendo sonhos!

"(...)alguém que faz da realidade um pesadelo com sonhos que parecem inalcansáveis diante das suas pequenas oportunidades (...)"


    A vida não deveria ser encarada como uma eterna preocupação monótona. Não somos de fato seu dono, pois se assim fosse, presumindo a morte, optaríamos por não nascer, supostamente imaginando, a dor, e cultivando um sentimento de arrependimento e incapacidade física, diante todas as nossas limitações. Entretanto, somos livres, a medida que escolhemos os caminhos que nos satisfazem ou não.
    Qual seria a vantagem de vivermos em liberdade sendo que futuramente nos aprisionaríamos no medo ou receio? As oportunidades, betem à nossa porta durante todos os momentos, mas são exatamente esses sentimentos de medo e receio, gerados inteiramente por nós mesmos, que nos fazem desistir e abandoná-las. E então elas passam, e culpados ficamos, mesmo não assumindo esta realidade, e afirmando que a culpa é da tão injusta vida.
    Os sonhos são feitos para os persistentes, os insanos e loucos sociais. Os sonhos não se compram, VENDEM-SE. Eles não morrem, simplesmente adormecem no seu mais profundo eu, os sonhos são dos obstinados.São dos que acreditam, são simplesmente e totalmente SEUS!

Ludimila do Nascimento Bassan
Olho que tudo vê

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las".
(Voltaire)