Participe da Mais nova onda do Skoob

Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 21 de maio de 2011

"Quando um certo alguém"

Ao sabor do vento  estou me deixando levar
À espera de algum momento poder lhe falar
Que em meio ao frio de um corredor qualquer
Consegui enxergar nos olhares indefinidos
De alguém que sabe muito bem o que quer
O que de fato existe por detrás dos olhos tímidos
Que conseguiram me cativar como mulher

OBS: Dedicado a Lucas Trevisan

Ludimila N. Bassan

terça-feira, 17 de maio de 2011

O último gole


Como versar o amor que em silêncio repudio
causador do próprio fim 
o que era hoje está vazio
o que era nosso se ausenta em mim

Ah! Se o tempo me avisasse
que arriscar seria em vão
E na solidão eu me findasse
com uma dose atirada ao chão

Pode ser que me encontrassem
sentada em qualquer esquina
E nem sequer me abraçassem
Quão grande seria a desgraça da pobre menina

Agora carrego nas mãos a bebida
entrego ao brinde o seu único prazer
De anunciar a desgraça da vida
De comemorar a dor da partida
E à si mesmo se esquecer

Ludimila do Nascimento Bassan