Participe da Mais nova onda do Skoob

Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 3 de maio de 2012

O vento que sopra


Deixe que o vento vai soprar essa maré
deixe deixe, mas só deixe se você quiser
Carregue no colo essa coisa de amar
É só segurar, desejar e ninar
Deixe que ele sinta seu cheiro
Sua essência com o nosso tempero
Permita que ele um dia te reconheça
E espere que ele nunca te esqueça
Deixe que o vento vai soprar essa maré
deixe deixe, mas só deixe se você quiser
Olha esse canário na gaiola do teu quarto
Ele é bonito, mas se torna lindo no meio do mato
Pisar descalço andando nessa grama
Mais gostosa ainda é a sensação 
de habitar o coração de quem ama
Deixe que o vento vai soprar essa maré
deixe, deixe, mas só deixe se você quiser... 
Tem gente que foge sem perceber
Que entre ganhar e perder escolhe não ter
Com doses homeopáticas vocês me tomam
Mas para me digerir é necessário que me comam!
Deixe que o vento vai soprar essa maré
Deixe, deixe, mas só deixe se você quiser
Seja mais humano nas coisas que fizer
E seja capaz de sentir a beleza de cada mulher
Não fuja pelo primeiro atalho
Você só se lembrará do caminho 
quando já for um pouco grisalho
Deixe que o vento vai soprar essa maré 
deixe, deixe, mas só deixe se você quiser 


Ludimila do Nascimento  Bassan


Ps: Inspirado por Rafael Martins

Uma carta em L'



Luiza,

    Letícia Lourenço, loura, linda, lastimavelmente louca. Linguajar limitado, levava lenço listrado, lápis, livros.
    Luan, leigo, lapidava lentamente lembranças longínquas;lá, linda Letícia.
    Luiza, lamento lhes lembrar, lavando lenços lembrei letícia, legitimamente libertada, longe, linda, livre. Lastimável Luan, lustrando lembranças, livros, lápide. Luan largou literatura; lembra-me Letícia, libertária, locomovia-se lacrando leis, levantando legiões, lutando, libertando "loucos".
    Loucura? Logicamente lúcida! Letícia listou lobistas ladrões, lutou, limitada lacraram-na. LUTA LACRADA!
    Luan lecionaria literatura, libertaria "loucos", listaria leitores, localizaria linguagens, lideraria.
    Lamentavelmente, lá, logo, LÁ, linda Letícia, lapidada, largada, louca, lançada longe, lutadores, líder legítima. Luan, lembrando-na: linda, loura, lúcida, liberta LETÍCIA.

Loucamente
Lucidez