Participe da Mais nova onda do Skoob

Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 30 de julho de 2011

...

Permita-me fugir de tudo
Esquecer aquilo que ainda sonho
Enterrar o tom que componho
E permanecer ao som do mudo

Quando calam a minha voz
Silencio tudo aquilo que possuo
Tentam me manter o menos surdo
Para ser considerado parte de nós

Mas como posso ser parte de tudo
Se com nada ou contudo
sou a margem do que te resta
estou na conta que se presta
ao final de um dia no mundo

Em um dia tal como esse
Minha mãe diria algo assim
Não importa se você sofrer
o que realmente importa
é a confiança depositada em você
Gerada pela certeza do seu amor por mim
Ludimila do Nascimento Bassan