Participe da Mais nova onda do Skoob

Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Um sonho pela manhã

Café da manhã saboreado com um simples SONHO!{#}

"Sou apenas um caminhante
Que perdeu o medo de se perder
Estou seguro de que sou imperfeito
Podem me chamar de louco
Podem zombar das minhas idéias
Não importa!
O que importa é que sou um caminhante
Que vende sonhos para os passantes
Não tenho bússola nem agenda
Não tenho nada, mas tenho tudo
Sou apenas um caminhante
À procura de mim mesmo"
O vendedor de sonhos - Augusto Cury


    Em meio às últimas tragédias globais, grandes potências mundias uniram-se e compraram o sonho da solidariedade que há tempos não se via. O ser humano possui a estranha capacidade de comoção para com o seu próximo após os acontecimentos arrasarem sua vida, caso contrário, pouco é feito para evitar ou mudar determinado quadro.
    Na noite passada, assisti a uma reportagem que retratava o assassinato de uma cabelereira em pleno local de trabalho, o autor foi seu ex-marido que com frequência a ameçava de morte. As conversas telefônicas através das quais ele a ameaçava foram grampeadas e divulgadas na mídia, bem como os boletins de ocorrência registrados na delegacia. Após executar a ex-mulher com 7 tiros à queima roupa, o homem foi condenado à 3 anos de prisão.{#} 
    Além disso, após várias pesquisas de grandes cientistas especialistas em alterações climáticas, estabeleceu-se a necessidade de uma conferência na qual os líderes mundiais discutiriam as melhores medidas para a redução na emissão de gases causadores do efeito estufa, denominada de Conferência de Copenhagen. Como de costume, alguns países negaram-se a contribuir quando notaram que a economia do seu país poderia ser afetada.
    As respostas para o grande descaso das autoridades para com a sua população provém de um caráter totalmente individualista e egocêntrico.  Devido a ele, a burocracia tomou conta de todas as soluções possíveis para solução desses acontecimentos, já que o que poderia ser resolvido com um acordo em menos de um dia, demora anos. Esse seria apenas um dos motivos que tornou o cidadão revoltado e o capacitou a utilizar a justiça com suas próprias mãos.
    Me questiono todos os dias, quanto tempo mais esperaremos para que o mundo abra os olhos e passe a sonhar um ÚNICO sonho em comunhão, um sonho de compaixão, deleite, solidadariedade, misericórdia, enfim um SONHO PURO DE AMOR...

Ludimila do Nascimento Bassan
(O Olho que tudo vê)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las".
(Voltaire)