Participe da Mais nova onda do Skoob

Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Há algumas horas ela deixou para trás sua Alice
Como se nunca mais fosse encontrá-la novamente
Não da mesma maneira quando ela sorrisse
Nunca mais seria a mesma que ele tinha em mente

Sentia sua vida indo embora
Embora nunca tenha permitido sua partida
Permanecendo em sua janela de hora em hora
À espera de seu refúgio, certeza, saída

Mas vejam só como age a nossa coragem
Um dia duvidamos e ela resolve aparecer
Em um momento Alice era só imagem
E no próximo, algo a se esquecer

Alice sempre foi uma menina dada à loucura
Nunca souberam se um dia ela chegaria a voltar
A única certeza é que ela foi atrás do que procura
E assim, seguindo por  uma estrada escura
E assim, perseguindo aquilo que busca
 A longa estrada do sonho ela há de iluminar

Ludimila do Nascimento Bassan

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Amado poder



Tão bonito pode ser
o amor como nosso poder
e mais além pode o poder
amar o poder de ser

Aos poucos o vidro já embaçado
dificulta a visão daquele que anda
Naquela porta já não se sabe quem manda
E o que era tão simples, agora é complicado

Mas se essa chuva enfim desistisse
E aquele sol no nosso céu surgisse
O amanhã será da alegria que vier
E o nosso amor poderá ser tudo aquilo
Que toda essa gente quiser

Ludimila do Nascimento Bassan