Participe da Mais nova onda do Skoob

Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 18 de setembro de 2010

A Razão de ser

Hoje alguém me viu
Com aquele sorriso de sempre
Mas acho que esqueceu
De olhar no fundo dos olhos
Pois eles não mentem

Muitos conseguem até me ver
Poucos são capazes de enxergar
Que por trás das aparências
Quem sorri deseja chorar

Talvez alguns pensem
Que eu não me entristeço
Hipocrisia da realidade
Pois não sou o que pareço

O palhaço pinta o rosto
Para alguém ver sentido pra sorrir
E no sorriso do lado oposto
Eu vejo motivos para estar aqui
Ludimila do Nascimento Bassan

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las".
(Voltaire)